Facebook
Twitter
Youtube
Flickr

Notícias

Nota de esclarecimento: Centro Educacional de Cordeiros

Data de inclusão: 17/09/2021 18:42

O Município de Itajaí, por meio da Secretaria de Educação, esclarece que é totalmente infundada a denúncia que circula em redes sociais, de que um estudante portador de Síndrome de Down teria ficado desassistido no Centro Educacional de Cordeiros (CEC). O Município reforça seu compromisso em garantir educação de qualidade para todos os alunos da Rede Municipal, atendendo-os de forma adequada e de acordo com suas necessidades.

Conforme a direção do CEC Cordeiros, o aluno em questão foi levado à unidade de ensino pela própria mãe, na manhã desta sexta-feira (17), embaixo de chuva e apenas coberto por uma toalha. A agente que atende a criança faltou ao trabalho por motivos de saúde, mas imediatamente foi ofertado atendimento com outra servidora. No entanto, a mãe do estudante não aguardou a troca de sala, processo que durou cerca de cinco minutos, e foi embora com o aluno, novamente embaixo de chuva.

“Independente da profissional que acompanha o aluno ter faltado, por motivo de saúde, a nossa missão é atender a todos os estudantes. Em nenhum momento foi mandada essa ou qualquer outra criança para casa sob alegação de não termos profissional para atendê-las. Estamos aqui para dar o nosso melhor para a comunidade e assim sempre será”, enfatiza o diretor-adjunto do Centro Educacional de Cordeiros, Luciano de Souza.

O CEC de Cordeiros atende aproximadamente 800 alunos e quatro deles possuem algum tipo de deficiência e precisam ser acompanhados por agentes em sala de aula. Na Rede Municipal de Ensino, são 1.230 estudantes com algum tipo de deficiência e cerca de 420 têm acompanhamento com agentes.

Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2021- Município de Itajaí