Facebook
Twitter
Youtube
Flickr

Notícias

Alunos de escola na Murta ministram oficinas de origamis para outros estudantes

Atividades, surgidas nas aulas de raciocínio lógico, envolveram mais de 600 pessoas
Data de inclusão: 31/08/2021 16:38

Aproximadamente 140 alunos dos 6º e 7º anos da Escola Integral Professora Maria Hülse Peixoto, da Murta, ministraram oficinas de origami – uma arte secular japonesa com dobraduras em papel – para outros 500 alunos dos anos iniciais da unidade escolar itajaiense. As atividades, que surgiram a partir das aulas de raciocínio lógico, ocorreram nas duas últimas sextas-feiras (20 e 27 de agosto).

Para atender a todos, os estudantes elaboraram stands no pátio da escola com temáticas diferenciadas. Sapos, morcegos, cachorros, gatos, corações e estrelas: diferentes origamis ganharam forma na mão dos aprendizes, com orientações supervisionadas dos alunos-mestres.

“O evento contou com mais de 12 oficinas ofertadas pelos alunos das turmas dos 6º e 7º anos, cada uma delas oferecendo um modelo específico de origami a ser desenvolvido com muito carinho para as turmas dos anos iniciais e algumas turmas dos anos finais, que participaram durante o intervalo. Os alunos escolheram as dobraduras que se identificavam. Meu objetivo, como professora, era que encontrassem algo em que se sentissem confortáveis e felizes em ensinar, pois eles seriam os professores naquele momento”, conta a docente da Escola Maria Hülse Peixoto, Ana Carolina Kandini.

Aulas de raciocínio lógico deram origem às oficinas

Foi através das aulas de raciocínio lógico – disciplina ofertada no período integral – que a professora Ana Carolina ensinou como fazer origamis aos estudantes dos 6º e 7º anos. Além de aprenderem conceitos espaciais, geométricos e matemáticos, o objetivo da atividade foi desafiar os alunos e incentivar seu protagonismo. Depois de aprenderem, eles resolveram compartilhar o conhecimento com os demais colegas. Outros professores também tiveram a possibilidade de aprender sobre a arte secular japonesa.

“A Escola Maria José Hülse Peixoto trabalha com uma abordagem integradora na perspectiva de um currículo integral gradativo desde 2017, iniciado com os 5º anos e, atualmente, do 5º ao 7º. Na escola integral, os estudantes possuem uma jornada de sete horas diárias de aula durante todo o ano letivo, contemplando uma prática educativa de formação básica, com conteúdos e experiências vivenciais diferenciadas", destaca a diretora do DEIN, Adriana Rocha.

A ideia integrou os alunos e proporcionou a troca de conhecimentos e experiências. “Fiquei impressionada com a gentileza com que trataram as crianças. Com paciência, explicaram cada passo e, quando necessário, se dispuseram a realizar as dobraduras mais complexas para aqueles que apresentaram maiores dificuldades”, ressalta a professora Rosimere Marcelino.

As crianças foram minuciosas e empenhadas no planejamento da oficina e como resultado ganharam alunos animados e cheios de vontade de aprender. “A oficina foi divertida e as crianças são muito fofas. Elas prestam atenção em tudo que ensinamos”, comenta o aluno Felipe Estevani, um dos ministrantes das oficinas de origamis.

“A escola conta com uma gama de materiais disponíveis e uma equipe pedagógica que não poupou esforços em organizar decorações, cortar papéis e auxiliar as crianças durante todo o processo”, complementa a diretora da unidade escolar da Murta, Lucilene Andreia Perini. 

Imagens relacionadas

Alunos de escola na Murta ministram oficinas de origamis para outros estudantes
Alunos de escola na Murta ministram oficinas de origamis para outros estudantes
Alunos de escola na Murta ministram oficinas de origamis para outros estudantes
Alunos de escola na Murta ministram oficinas de origamis para outros estudantes
Alunos de escola na Murta ministram oficinas de origamis para outros estudantes
Alunos de escola na Murta ministram oficinas de origamis para outros estudantes
Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2021- Município de Itajaí